domingo, 7 de outubro de 2007

Tira o ornitorrinco da boca

Ser mãe não é só uma experiência linda e maravilhosa. Ela também tem momentos de pura bizarrice. Uma boa parte do que uma mãe diz aos rebentos é absurda. Por exemplo estas, todas reais:
Não esfrega a banana na escova de cabelo, minha filha.
Bota peluda, cinco cachecóis e touca de lã não combinam com uma tarde ensolarada de janeiro, querida.
Não, a gatinha não vai gostar de ser colocada dentro da maletinha de brincar de médico.
Escovar o gato é muito legal, mas a escova de dentes da mamãe não serve pra isso.
Agora, o cocô vai se encontrar com os amigos lá na terra dos cocôs; tchau, cocô!
Minha filha, tira o ornitorrinco da boca senão ele fura.

6 comentários:

Sean Hagen disse...

*




:o




*

Maroto disse...

eu tenho essa teoria de que a maternidade danifica as estruturas cerebrais de um tal modo que nunca mais voltamos a ser as mesmas mulheres de antes. O caso das frases que você elencou até me parece mais de alteração que necessariamente de danos, pois tenho que convir que todas elas têm seu charme. Triste mesmo é quando a gente se pega repetindo as coisas que nossas próprias mães dizian :(

Enio Luiz Vedovello disse...

"[...]Triste mesmo é quando a gente se pega repetindo as coisas que nossas próprias mães dizian :("
Com o tempo piora. E a gente fica igualzinho aos nossos pais...

ale disse...

Ha ha ha ha!! Vou pensar em umas contribuições pra essa lista, já que eu também falo várias bizarrices pra Marina. Bj.

Débora Elman disse...

Eva, não te preocupa. eles não escutam mesmo, pode falar a vontade.

venuss disse...

ótimo! o post e os comentários. Só fiquei na vontade e ver uma foto do ornitorrinco da Pitu...