terça-feira, 9 de outubro de 2007

Berço

Minha filha tá quase do tamanho do berço.
Mas o que fica apertado mesmo é o meu coração, de ver como ela cresce depressa.

5 comentários:

ale disse...

A Marina também tá big, big. Fico impressionada. Ela ainda tá no berço amada!? Bj.

Eva disse...

A Mariana segue no berço, tadinha. Mas isso não vai poder ser assim por muito tempo mais. Bjs

Enio Luiz Vedovello disse...

Não se assuste, mas vai parecer que só passaram uns dias e ela vai estar do seu tamanho. E avisando que vai sair e dormir fora...

Anônimo disse...

Me lembro do dia em que o berço saiu e a mini-cama entrou no quarto dela. Eu achei que ela sentiria falta do berço, mas, que nada, quem sentiu muuuuuita falta fui eu! Ela adorou a liberdade que uma caminha baixa proporciona.
Rejane

andre disse...

o santander foi esclhido como primeira parada no tour bienal, não que estivessemos, eu e a bella muito bem informados sobre o que encontraríamos lá, mas o que pegou mesmo na escolha foi o ar condicionado, que no margs também tem... sei lá! Mas voltando ao que interessa, minha parceira das artes no final de semana passado foi a bellinha, minha filha de 10 anos que, além de ser autora de fotos instigantes de algumas obras nem tanto, teve postura e respeito pela arte (todas) como não vi em muitos adultos que perambulavam pela exposição. Sim elas/eles crescem e nos ensinam muito mais do que possamos imaginar.