quinta-feira, 20 de setembro de 2007

Dramin não dá pra mim

E mais uma pergunta que me faço - essa surgiu quando tive que dar Dramin pra minha filhinha pela primeira vez: por que esse bendito remedinho - que já me disseram ser o único remédio eficaz contra vômitos e enjôos nesse país - tem que ter um gosto tão horrorosamente hediondo quando é indicado também pra crianças? É pra não vomitar, mas o gosto é nauseabundo.

3 comentários:

Enio Luiz Vedovello disse...

Não me pergunte a razão, nunca descobri, mas todo anti-emético tem um gosto terrível de ruim, que se sobressai a qualquer xarope que você tente usar.
E o dramin é o menos pior, mesmo. Experimente uma gota de plasil...

Eva disse...

Enio, eu tinha esquecido do bom e velho Plasil! E adorei a palavra nova que aprendi: emético. Anti-eméticos pode ter poucos, mas de coisas eméticas o país tá cheio. Começando no momento pelo lance do Renan Calheiros.

venuss disse...

Dramin... acho que era esse o remédio que a minha mãe sabia que se eu tomasse, ficava enjoada e vomitava...