domingo, 30 de março de 2008

TPM e a bruxa boa

Quando, ao fim da peça, a bruxa boa Lilibeth (mas pode chamar de Lilica), a sua neta-bruxinha boa Tati, as bruxas más Cara de Panela e Cara de Janela, acompanhadas de um lagarto que faz cocô duro e uma minhoca que solta puns fedorentos cantam e eu me lavo de chorar, vejo que, desta vez, a TPM tá braba.

4 comentários:

Maroto disse...

meu filho mal sabia falar e já tinha aprendido a que horas a mamãe chora e que é melhor não inventar de fazer carinho pra passar senão ela chora ainda mais alto. Que vergonha a gente passa por conta dessas obras primas para o público infantil

Eva disse...

Maroto: nada como saber que não pago esse mico sozinha. Ufa, ufa, ufa!

ale disse...

Nós fomos assistir essa também. Cada vez me convenço mais que eu sou um ser pouco sensível no que se refere à crianças e universo infantil, já que não tive nenhuminha vontade de chorar, a não ser que fosse de tédio por estar ali. Gostei da Cara de panela, que era bem engraçada!

venuss disse...

Minhoca que solta puns fedorentos é coisa pra circo. Dependendo da intensidade e da mãe chorando no final da peça, é coisa de circo tb.