terça-feira, 18 de março de 2008

Nasceu. Renasci.


É com imensa alegria, incomensurável alívio e também uma pontinha de deprê pós-parto que anuncio o feliz nascimento da minha dissertação de mestrado.
Pesando 1.853g (pobre banca que teve que ler tudo isso) e medindo 210 x 297 x 33mm, ela está, finalmente, defendida.

E eu acabo de renascer para um monte de coisas que tive que deixar de lado nesses últimos meses.

Calçolas, voltei!

7 comentários:

Nenos disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Enio Luiz Vedovello disse...

Seja bem-vinda de volta. O Calçolas anda parado, vamos ver se agora se agita um pouco mais...

ale disse...

Eba! Eba! Eba!
Creio que o primeiro comentário deste post trata-se de um vírus. Take care! Foi por receber dois desses no meu blog que coloquei aquelas letrinhas chatas que devem ser digitadas, mas que ao menos dão uma certa segurança.

Marcia disse...

\o/\o/\o/

venuss disse...

Eva, Evinha, vc fez falta pelas bandas de cá. Tu viu que eu até estendi um tapete vermelho na porta pra ti?

Maroto disse...

muuuuito melhor que parto de filho - a dissertação não tem fome, não chora e não é crime enfiar no armário e esquecer dela um pouquinho.
Mais uma vez, parabéns. Não demore a retornar!

Eva disse...

Enio: verãozão, eu com a dissertação, a venuss cheia de trabalho, e o Calçolas ficou mais devagar, sim. Agora a gente recupera!
Ale: vírus? aimeudeusdocéu. Vou ver como faz isso de colocar as tais letrinhas. Valeu a dica.
Márcia: :-)
venuss: mil obrigados! Quase morri de saudades disso aqui. Que bom voltar.
Maroto: Mais uma vez, sábias são as tuas palavras. Obrigada, obrigada. I'll be back, pode acreditar. Bjs.