domingo, 30 de março de 2008

Nãossei e vou continuar não sabendo

Eu dormia relativamente mal até adotarmos um segunda gata aqui em casa. Depois da chegada da tricolor ensandecida que minha filha batizou de Nãossei, passei a dormir total, absoluta e irreversivelmente mal.
Antes da Nãossei, eu só sabia o que era ser acordada umas quantas vezes por noite, porque a Mariana: a) queria fazer xixi; b) queria que eu ajeitasse o lençol embolotado; c) queria trocar de pijama porque suou; c) queria água; d) queria suco; e) queria leite; f) queria historinhas (no mínimo 3); g) queria o bico (detalhe: ele nunca teve bico!); g) queria que eu tapasse o Barney; h) queria que eu tapasse a boneca; i) queria que eu ajeitasse o travesseirinho; j) queria remédio pra por picada de mosquito da semana passada; l) queria a janta, mesmo já tendo jantado; m) queria colocar a roupinha do ballet. Ela nunca quis tudo na mesma noite, claro, embora em determinados momentos eu tenha ficado com a nítida sensação de que ela estava tentando chegar lá. Mas enfim, em geral, a coisa ficava - e segue ficando - entre 1 a 4 uivos de MAMÃÃÃÃÃEEEEEE! por noite.
Até aí eu agüento.
Mas ser despertada por uma alvorada festiva felina juvenil todo santo dia às 4 da manhã, pra ter aquele bicho saltitando sobre o corpo em duplos twists carpados sequenciais, mordendo furiosamente joelhos, cotovelos, pés, mãos, nariz e qualquer outra coisa que se projete do corpo (já falei pro maridão dormir de bruços pra evitar problemas maiores) como se cada carninha minha fosse um gnu e a gata fosse uma leoa caçando pra alimentar a prole, isso é sacanagem.
E você deve estar se perguntando: mas porque eles não trancafiam a gatinha?
Ao que só me resta responder: sabe que eu não sei?

7 comentários:

venuss disse...

ri de gargalhar da Nãossei atacadora de pés e outras partes. Tudo pq não faz muito tempo eu passava pela mesma situação: a Lisbela adorava abocanhar partes em plena madrugada. A boa notícia é que isso acalma qdo ela tiver uns 7 ou 8 meses (já a Mariana deve continuar te pedindo coisas de madrugada por um tempo. Com a diferença que, daqui a uns 8 anos o pedido vai ser: mãe ve me pegar aqui no bar tal). A má notícia é que vou partir de 'uma livre inspiração' no teu post pra contar o que a Lisbela faz toda a madrugada. Ao estilo bem imitona. Mas não hj. bjs e bons sonhos com intervenções felinas.

Eva disse...

venuss querida, pára com essa cachaça. Se é pra ficar pedindo pra usar o post da outra como inpiração, e se isso é má notícia, tô ferrada. Quantos dos teus posts foram descaradamente usados e abusados por mim? Uns trocentos já. E eu nem pedi! Essa é justamente a política do blog coletivo, guria. Tô esprando a história da Lisbela. Bjs, boa semana.

Maroto disse...

a gata está tentando te avisar que o boneco do Barney não deixa a guriazinha de dormir. Já pensou, dormir com aquele monstro roxo com aquele sorriso na caratonha ali, sentadão, no teu quarto?

Toninho Moura disse...

É mesmo! Por quê?

Enio Luiz Vedovello disse...

Ao menos a Kitty se contenta em dormir em cima das minhas pernas, e se eu me mexo, ela pula da cama e vai dar uma volta...

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.