segunda-feira, 31 de março de 2008

Monster



Todo mundo tem seus monstros, todo mundo tem seus medos. Um dos meus maiores pavores é gente repleta de certezas, ditando verdades, vomitando dos e donts, cagando regras por aí. Já cogitei que talvez fosse um caso de inveja (quem sabe no fundo eu não gostaria também de poder também acreditar e impor ao mundo verdades pret a porter). Pensei também que poderia ser outra coisa mais estranha. Mas, ainda que sempre com sombra de muitas dúvidas, certezas demais me dão mesmo é medo.

5 comentários:

Lu Brasil disse...

Super concordo.
Bjs

Suely disse...

eu, que ando horrorizada com a descoberta de como as pessoas cheias de certeza são fascinantes para a maioria, achei este post um alívio. Obrigada, Evinha!

Toninho Moura disse...

Imagine, se todos fossem cheios de certezas, seríamos todos iguais ao Lula!
Ai que medo!

Enio Luiz Vedovello disse...

É uma coisa que me afastou das seitas religiosas em geral: a insistência em "dogmas inquestionáveis". E, se eu não aceito isto de uma seita, muito menos de uma pessoa.

venuss disse...

Eu tinha certeza que eu já tinha comentado este post.
(Putz, podre , né?!)