terça-feira, 18 de dezembro de 2007

Professorinhas

Que processo seletivo pra professor substituto na Ufrgs que nada. O legal mesmo é ser professora na Argentina.

Professoras argentinas participam de orgia com motorista

A Argentina foi abalada por um escândalo sexual recentemente, quando se descobriu que seis professoras faziam orgias com o motorista que as transportava até a escola onde trabalham.
Tudo começou a partir de uma descoberta da namorada do motorista, que percebeu que ele tinha uma série de fotos comprometedoras em seu computador. Eram imagens de relações sexuais com as seis professoras.
O caso foi descoberto pela rádio Sudamericana. As imagens retratavam as orgias que aconteciam cada vez que o motorista transportava as seis mulheres, cinco delas casadas, até a escola, que ficava no departamento de Saladas, na província de Corrientes.
A namorada do motorista, que, assim como ele, desapareceu de Saladas, também é professora e, ao ver as fotos, decidiu se vingar. Furiosa com o fato de amigas suas estarem envolvidas com seu namorado, ela enviou um e-mail com as fotos a seus conhecidos e aos maridos das mulheres para comprovar a traição.
De acordo com a imprensa argentina, o motorista desapareceu da cidade porque estava preocupado com a possível reação dos maridos das mulheres com quem havia realizado as orgias.
Terra Argentina

4 comentários:

Eva disse...

E o mais importante é que o motorista argentino não escolheu ninguém especificamente: nesse caso, todas elas litaralmente levaram pau. Hahuahua.

Maroto disse...

Dado que professora está sempre fodida, imagino que o valor-notícia esteja no motorista

marcia disse...

vou aposentar o carro e contratar um motorista. quem quer dividir? podemos abrir um edital de seleção. já estou pensando nos critérios.

Enio Luiz Vedovello disse...

Agora os concursos para motorista (e para professoras também?) vão ficar mais concorridos que nunca...
Planos de benefícios é sempre um grande diferencial...