sexta-feira, 7 de dezembro de 2007

Gosto inconfessável por pipoca doce

Nenhum cinéfilo tem o direito de devorar ruidosamente pipocas enquanto desfilam pela telona os talentos de diretores e atores maravilhosos.
Preencher com uma milharal crocância os longos silêncios dos filmes iranianos é um crime que provavelmente o corão pune com trocentas chibatadas.
Pipoca no cnema é feio.
É barulhento e melequento.
Não é cool.
Sei de tudo isso.
Mas sou absolutamente tarada por ter como acompanhante um saco (nunca pequeno, por favor) de pipoca doce nos meus contatos com a sétima arte.

4 comentários:

Sean Hagen disse...

*




:o


chocado, profundamente.





*

Maroto disse...

1 saco grande de pipoca doce = 4.537 calorias.
Pior que barulhenta, és insuportável por comer isso e continuar magrinha

Eva disse...

SEAN: o mal que se esconde nos corações tratos digestivos humanos é algo, né?
MAROTO: pra tua sorte, tenho filha pequena e vou muito pouco ao cinema (o que pra mim é quase trágico). Assim, a probabilidade de estarmos na mesma sessão é mínima, e dificilmente terás que me escutar ruminando pipoca e farfalhando com o pacote.

venuss disse...

só pra constar: o meu silêncio tem a ver com a minha revolta em relação ao que a Maroto já declarou: a Eva pode comer.

Agora, achei curiosíssimo, pois és a única pessoa que conheço que, além de mim, prefere pipoca doce.
:)