segunda-feira, 19 de novembro de 2007

Câmeras, magreza e calcinhas

Ah, a Paris Hilton deixou a câmera ligada de novo. Coitada... (Não vou colocar link pro fato, me nego a fazer parte da divulgação de um troço desses. É só entrar em qualquer portal tipo terra, uol, globo pra ver a "notícia").

De manhã vi uma chamada sobre a filha da Vera Fischer ter emagrecido de novo. Perder peso (leia-se secar) é o caminho mais rápido de quem anda meio caída rumo às capas de revista. Foi assim recentemente com a Xuxa, a Luiza Brunet, uma atriz loira que eu acho que chama Paola Oliveira (é isso?) que eu vi na capa de uma revista de dieta. E outras tantas que não lembro agora.

Outra estratégia muito em voga é a tal calcinha que ficou na gaveta e a saia curta que foi parar na bunda. Essa semana foi a Flávia Alessandra.
Segundo um post recente da Eva, a Hebe era notícia em 1957 por algum fato irrelevante, mas na época o foco ainda eram os cabelos da cabeça.

Então, gente, é isso: ainda vamos ver várias chamadas sobre câmeras indiscretas, magreza como ressurreição e ausência de calcinhas até janeiro. Entre um BBB e outro é disso que a maioria desses grandes portais de internet se alimenta diariamente.
Acho que vou voltar a usar a tal página inicial 'about:blank'.

4 comentários:

Débora Elman disse...

Até porque daqui a pouco tu vai ter que mudar o nome do blog para "objeto inexistente anteriormente conhecido como roupa íntima feminina"

Eva disse...

O lance da ausência de lingerie é uma fenômeno midiático. Eu acho que rende até um artigo acadêmico isso. A gente podia estudar o portal Terra e a quantidade de vezes que usam o mote ausência de calcinha pra chamar pra leitura. Que deprimente ter que mostrar a dita (ou bendita) pra ter uns segundos de atenção. Sou mais as calçolas!

Maroto disse...

Grande idéia! Eu também decidi que vou emagrecer de novo, já estou de dieta há 48 horas (e resistindo). Vai ser muito mais fácil ficar famosa por perder meus 25 kg extras, ligar a câmera e desligar a calcinha do que cultivar o maldito curriculum lattes!

Enio Luiz Vedovello disse...

Eu acho o fundo do poço alguém ter de usar este tipo de expediente para conseguir mais alguns segundos de exposição na mídia.
Se a Paris tivesse um mínimo de massa cinzenta, prestaria atenção à decadência mais rápida de sua amiga (ou ex-amiga?) Britney Spears e trataria de ir aprender hotelaria enquanto ainda é tempo...