segunda-feira, 7 de abril de 2008

Festa na floresta

Começo a semana lançando oficialmente, a minha PTGFG (Primeira Teoria Geral sobre Festas e Gandaias em Geral):
Toda festa que se preze tem um ponto de mutação, um momento de quebra de paradigmas. E é aí que a comemoração fica divertida mesmo, seja pros protagonistas, seja pra quem fica assistindo.

3 comentários:

venuss disse...

não sei, mas esse ponto de mutação me cheira a algo trágico para alguma das partes: protagonistas ou assistentes. E cômico para a outra.

Toninho Moura disse...

Tem mesmo, e quanto ele chega você deve decidir, se "sai fora" ou "vai nessa".
Geralmente quem "vai nessa" se diverte mais, e quem "sai fora" se arrepende depois.

Eva disse...

Venuss: trágico, cômico ou - o que é quase sempre o caso - tudo junto ao mesmo tempo agora.
Toninho: Já eu prefiro a terceira alternativa. Entre sair fora e ir nessa, fico rindo. :-D