quarta-feira, 2 de abril de 2008

Emo são

Voltei a fazer inglês e as aulas são num centro de línguas de um colégio estadual aqui perto de casa. Além dos 4 adolescentes de 13 anos que são meus colegas, chego pra minha aulinha no intervalo do colégio, pela manhã. Ou seja, tenho que ir abrindo caminho em meio às rodinhas de guris e gurias que se espalham pelo corredor. É um mundo à parte, e olha que não faz muito tempo eu tb vivia nesses bolinhos cheios de risadas e moletons amarrados na cintura. Na saída, a camiseta de um me roubou um sorriso: uma cabeça com um cabelo super espetado e despenteado num bonequinho de olhar triste e uma tarja atravessada indicando proibição. Embaixo a frase: Don't get emo.
Isso me fez lembrar a conversa com um amigo quando tentávamos entender o tal conceito de emo e ele me lasca essa: Afinal, acoca ou não acoca?

7 comentários:

Maroto disse...

com essa eu me senti velhíssima. Primeiro porque faz séculos que não entro num colégio, a não ser no papel de mãe. Segundo faz milênios que não tenho cintura digna de amarrar moleton. Terceiro - e pior de todos - não entendi a piada. Velha pra caramba.

ale disse...

Ha ha ha!! Muito bom !! Por acaso tua aula é no Tubino?

Toninho Moura disse...

E aí tia? Do you speak?

Carlos Eduardo Carrion disse...

Eu não me arriscaria a ir num lugar destes. Já pensou aquela ninfetinha nabokoviana me dizendo "vozinho" me empresta o lápis?

venuss disse...

MAROTO: ali naquele corredor das risadinhas qualquer uma se sente uma velha. Da piada, seria algo como Dá ou não dá? Mais direto e certeiro: afinal, é veado ou não é?

ALE: não, queri, é no CLEP, no colégio Piratini. Aqui perto de casa. (Aliás, eu nem sei o que é o Tubino)

TONINHO: por incrível que pareça, meus coleguinhas entram mudos e saem calados. Um fenômeno isso.

CARRION: a teacher sempre traz um lápis extra pra que isso não aconteça. ;-)

Eva disse...

O mundo jovem me fascina. Sempre adorei o Animal Planet, e atravessar um pátio de colégio é praticamente como estar dentro de um documentário de vida selvagem. Boas aulas, darling.

Débora Elman disse...

Vai treinando, o mundo dos kidults te aguarda...