quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Ô mulherzinha difícil

Lá pelos meus 12 anos eu disse que não morreria sem assistir a um show da Madonna. Foi lá pelas épocas em que a tia Madonna trouxe o The Girlie Show pro Brasil. A criança aqui já se achava grande coisa e queria, porque queria ir. E não foi.

Ontem, às 23h45, marido e eu sentamos no computador pra comprar os ingressos pra qualquer um dos shows em SP. Meu presente de aniversário.
Lá pelas 0h15 a coisa começou. Quer dizer, começou a empacar.
Marido aguentou até 2h30. E eu segui firme na insana tarefa de comprar os tais ingressos via internet na tickets for fun. Tickets for hell e tickets for fuck depois, eu ia fazendo planos a cada nova hora:
às 4h eu vou pra cama, com ingresso ou sem.
5h... hummm... fiquei até aqui, fico mais um pouco
6h.... agora libera a venda por telefone
6h25... jesus maria josé... tô virando noite por causa de uma mulher

Suja, faminta e sem forças, eu caí na cama. Marido retomou os trabalhos pouco antes das 8h. E eu reassumi o posto às 9h30.
Matei a aula que eu tinha de manhã. Matei a aula que eu tinha de tarde. Matei o banho até poucos minutos atrás pra não perder tempo no chuveiro. Matei a fome com belisquetes (tudo light, sem gosto, sem 'sustância' e sem vida - e a Eva sem um pingo de amor à venuss me vem descrever O Cachorro do Rosário em detalhes clínicos).

Tentei comprar os ingressos centenas de vezes via net e fone e nada. Os ingressos parecem cada vez mais distantes, enquanto o esgotamento tá estacionando aqui do ladinho da tela... Num guento mais. Mas a mula aqui não nasceu pra desistir e quando eu penso tudo que eu já fiz até aqui, sempre dá pra segurar por mais um horinha, duas, um turno, um dia... Até que alguém me prove que os ingressos esgotaram de vez.
Isso que eu nem vou gastar o resto das minhas forças reclamando da bosta de sistema de vendas de ingressos. Isso foi planejado com requintes de crueldade. Brasileiro tem que se fudê mesmo.

E antes que as minhas forças acabem por completo e o mau humor tome conta de vez, eu preciso perguntar uma coisa: quem foi que deixou uma criança de 12 anos jurar ou praguejar alguma coisa como essa? Eu devia ter apanhado de relho que aí não inventava de colocar minhoca e Madonna na cabeça.

11 comentários:

Gis disse...

Passei por isso no show do U2. Pela internet, não consegui. Só por telefone e usando o DDD da empresa que eles tinham comprado o número, pq pelas outras operadoras não dava nunca! Te liga nos site de blogueiros fãs. Eles sempre tem dicas quentes. ;-) Foram eles que me ajudaram a ligar pelo DDD certo da outra vez.

jubliana. disse...

Já pensei nesse juramento, mas decidir que jurar por uma coisa que depende de mim, pode, dos outros, jamais!

Dessa vez não vai dar. Quem sabe numa oportunidade de viajar pra fora do país e encontrar com a Diva... É claro, com seus 60 anos, cantando "like a virgin" sentada numa cadeira.

ashuahsuahsua.

ale disse...

Que suplício, venuss... muito bom o texto, adorei!

Enio Luiz Vedovello disse...

Desta vez eu nem pensei em ir, minha filha queria... Mas eu achei loucura demais...

Claudia Goulart disse...

Tá muito maluca essa história do show, né?
Confesso que até gosto da cantora, mas prefiro a personagem que ela criou.
Só vou se rolar um Vip. Hahahaha!
bjs e boa sorte

Cláudia disse...

Dona venuss, tô meio sumida, mas prometo que logo, logo volto a comentar no Calçolas. Tô passando rapidinho, só para não ficar "desatualizada" ..... e para dizer que tem prêmio pro Calçolas lá no Blog.
bjos

*vou seguir seu conselho e botar os peludos para encaixotar as coisas,rsrsrsrsrs

Não Somos Apenas Rostinhos Bonitos disse...

Concordamos plenamente.
Tentamos o show do Rio e São Paulo para ir naquele que conseguíssimos e depois de uma verdadeira "via crucis" conseguimos comprar pra cidade maravilhosa....esperamos que o show também seja maravilhoso!

Penkala disse...

querido deus (ok, eu sei, eu não acredito em ti, mas né?), obrigada por eu não gostar de madonna. obrigada por eu não ter gostado de madonna aos 12 anos. obrigada por eu ser tão preguiçosa que mesmo gostando de madonna, não suportaria mais de 5 horas tentando comprar ingresso. querido deus, obrigada por me fazer gostar duma banda que nunca vem ao brasil, até porque metade deles já morreu.

força na peruca ruiva, nêga! (tá todo mundo reclamando da compra desses ingressos... tou até com pena coletiva)

Grazi disse...

Amiga, será que somos gêmeas? Bom, do mesmo signo sei que somos...Tenho muito por falar sobre essa pessoa a que se refere no post. Bom, e aproveitando a oportunidade, convido vc, a Eva e toda a "tchurma" daqui para visitarem o meu blog. Sim, eu "saí do armário", até meu "codinome" eu abandonei....rs. Guarda aí: www.umpassoafrenteporfavor.blogspot.com Parece uma súplica, mas é apenas um blog. Ainda tá "simplezinho" (sendo beeem otimista), enfim, vamos trocando idéias agora com mais frequência. E é isso, não desanime, um dia a gente consegue! Bjo

Feltro em casa disse...

Olá!
Adoro ler o blog de vocês. Mas nunca comento. Mas hoje vou dar uma dica. Tem uma amiga que está tentando comprar para o show em Buenos Aires. Acho que tá mais fácil e organizado!!!(Meu marido foi uma vez assim no dos Rolling Stones, não deu para Sampa foi no de Bs.As.
Boa Sorte na empreitada.
Malú

ale disse...

Tá, e aí? Conseguiu? Conta, conta...