quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Ema, ema, cada um com seus pobrema

Ontem, um dos palestrantes de um evento lembrou daquele lance sobre o ideograma chinês da crise (aquela história de que o ideograma que quer dizer crise é formado da combinação de dois elementos, que são algo como problemão e oportunidade).
Fiquei pensando que, dependendo do tamanho do problemão, a criatura pode estar mesmo é só esperando uma oportunidade pra cortar os pulsos.

6 comentários:

Carolina disse...

Pura desculpa dos prontos pra cortar seus pulsinhos com bolacha maria... Tirando problemas de saúde, que não depende de nós ( algumas vezes), problema é do tamanho que a gente quer!

Não Somos Apenas Rostinhos Bonitos disse...

Ahahahahahahaha!Rimos muito!
Beijos

Toninho Moura disse...

Seria o suicida um oportunista?

Não Somos Apenas Rostinhos Bonitos disse...

Fizemos um post bem bacana sobre bebês e crianças que amam Rock n' Roll e já são HarleyDavidsonmaníacos e adoraríamos recer a visita do "Calçolas".
Beijocas.

Anônimo disse...

em tempos de crise, não há um palestrante/ comentarista/ âncora/ formador de opinião (ah, esta doeu)/ e, no popular, palpiteiro, que não diga que em chinês, o ideograma diz crise ou oportunidade...
Virou clichê !!!
Só falta corta os pulsos...

Ass.
Índio Véio

Anônimo disse...

em tempos de crise, não há um palestrante/ comentarista/ âncora/ formador de opinião (ah, esta doeu)/ e, no popular, palpiteiro, que não diga que em chinês, o ideograma diz crise ou oportunidade...
Virou clichê !!!
Só falta corta os pulsos...

Ass.
Índio Véio