segunda-feira, 13 de abril de 2009

As time goes by

Sinal dos tempos.
Quando a gente era guri (no meu caso, guria), esperava os pais irem dormir pra poder tomar cerveja ou até - suprema ousadia - o whisky do pai, e fumar escondido bem perto da janela do banheiro.
Cena de folhinhas de calendário sendo arrancadas pelo vento. Leia-se tempo passando. Quando a gente tem filho, espera o pimpolho ir dormir e faz outras coisas perigosas pra saúde, tipo tomar refrigerante e comer o chocolate.

7 comentários:

Enio Luiz Vedovello disse...

Depois do filho dormir, também é um bom momento para aquelas atividades que não são tão prejudiciais à saúde mas, na tenra idade, podem comprometer um pouco o desenvolvimento moral e socialmente adequado da criança. Como assistir ao programa da Luciana Gimenes.

venuss disse...

que a Mari não tenha insônia, né?

CLAUDIA GOULART disse...

No meu caso e aproveitar o dia que a filha vai para casa de uma amiga e pedir uma pizza daquela bem cheia de tudo que não devemos comer. Hehehe
Faça o que eu digo, não faço o que eu faço!
bj

Édnei Pedroso disse...

Eu sou o único anormal aqui que nunca esperou os pais irem dormir pra beber todas????????

Toninho Moura disse...

Faço escondido dos filhos o que fazia escondido dos pais!

Silvia disse...

kkkkkkkkkkkkkkkk
adorei :D
Bjocas!

Eva disse...

Enio: hahaha, adorei essa. Vale também assitir o Fantástico?
venuss: sim, que a insônia fique longe daquele corpinho fofo. Mas infelizmente experiências anteriores mostram que não adianta: um dia ela vai acordar e me ver tomando Fanta e comendo Pastelina, assistindo o Fantástico.
Claudia: sim, sim, sim, a gente tem que aproveitar muito quando a casa fica só pra gente. Send more pizzas.
Édnei: minha tese machista é que o garoto, se já não é exatamente criança, quando bebe, não é tão problemático pros pais. mas talvez seja só uma idéia machista minha, não sei.
Toninho: adorei o poder de síntese. É isso mesmo.
Sílvia: que bom!