terça-feira, 20 de maio de 2008

Não encosta aqui

Mais de quinze horas depois da minha primeira aula de boxe, sinto que o meu corpo desistiu de mim.

Parece que o Mike Tyson me usou como colchonete. Ai.

8 comentários:

Adelaide disse...

E vc malha lá também??????

Bjs

Enio Luiz Vedovello disse...

Então eu estava certo...

Toninho Moura disse...

Depois de umas porradas, nada melhor do que uma massagem!

Maroto disse...

que te sirva de consolo - se mulher que bate agrada a raros paladares, poucas coisas fazem mais sucesso no imaginário masculino brasileiro que mulher apanhando.

Beatriz Levischi disse...

Obrigada, Venuss! Também adorei o Calçolas! :)
Beijos

Adelaide disse...

Fia, olha só...vivo indo no boteco bem aí da frente para recuperar as calorias perdidas! Só malho a noite e um chopp é ooootemo depois da malhação.

venuss disse...

ADELAIDE: nosso papo segue via blog.

ENIO: como eu disse no comentário do post anterior, só apanhei da minha forma física.

TONINHO: massagem é bom com ou sem porrada.

MAROTO: voltamos de novo à frase aquela: o homem pode não saber pq tá batendo, mas a mulher sempre sabe pq tá apanhando. (Horrível!)

BEATRIZ: bj pros bigodes da casa!

ADELAIDE: tu é rapidinha na compensação, hein?

Eva disse...

Que legal isso de estares fazendo boxe. E se alguém te encher o saco, podes dar uma nocauteada no energúmeno, já pensou?