sábado, 31 de maio de 2008

Mariana-san

Explicando, já há um bom tempo, sobre dia e noite pra minha filha - que hoje tem 4 anos -, falei no Japão. E daí pra frente várias vezes toquei no assunto, mencionando que o sol vai pra lá quando sai daqui, que o Japão é do outro lado do mundo e que se a gente cavar um buraco muito muito muito fundo, vai acabar no Japão.
Hoje num restaurante - que não era japonês - tinha uma mesa com uma grande família nissei bem do nosso lado. Observando nossos vizinhos, a Mariana perguntou: "papai, mamãe, são esses que moram embaixo da gente?"
Arigato, buda, papai do céu ou seja lá quem for, por momentinhos como esse.

6 comentários:

ale disse...

Querida!! Eu também exemplifico pra Marina usando o oriente, mas no meu caso é a China, não o Japãp. Motivos óbvios. Bj!

Beco dos felinos disse...

Que graça, sua filhota.......

bjs
Cláudia

Toninho Moura disse...

Mas é lógico!

Maroto disse...

como é uma boa menina, aposto que falou alto e apontando com o lindo dedinho na direção da outra mesa

venuss disse...

aprendeu direitinho. 100 com estrelinha (ainda dão isso no colégio?)

Eva disse...

Ale: nada como lembrar as origens. Por isso, falo muito na Alemanha pra Mari. E em batatas.
Cláudia: eu também acho. Bjs pra ti também.
Toninho: sim, é lógico, claro e elementar.
Maroto: com certeza. A Mari SEMPRE fala muito alto.
venuss: no colégio não sei, mas na faculdade eu não dou nem estrelinha, nem carimbo do Mickey.