quinta-feira, 31 de janeiro de 2008

Pós-parto

Primeiro os planos, muitos.
Depois, uma gestação de dois anos.
Dores, descobertas, desespero, alegria, novos amigos, saudades.
Foi uma loucura.
Ontem nasceu o filhote.
309 páginas. A banca vai em odiar.
Depositei a dissertação de mestrado. Nem acredito. Vou escrever de novo pra me convencer: depositei a dissertação de mestrado.

Dá um certo vazio.
Como vou fazer sem poder me esconder nas minhas trincheiras de papel?
As águas uruguaias vão ajudar a refrescar minha memória e me mostrar como é mesmo a vida lá fora. Parto hoje, volto em 10 dias.
Mas antes, os obrigados, que vou resumir em três. Obrigada, venuss, pela grande parceria (e pela revisão inteligente/urgente). Obrigada, Nísia: nunca ninguém combinou tão bem rigor e carinho. E sobretudo: obrigada Josué, por ter segurado todas esse tempo todo, por ter sido tão cúmplice, por tudo.

5 comentários:

venuss disse...

vai, vai tranqüila Eva. É bom ficar um tempo longe de casa pra acostumar com a idéia de que existe vida além do computador.
Te encontro na volta. bj

Toninho Moura disse...

Depois de uma grande conquista vem o período de descanso. Depois vem outra grande conquista e assim por diante.
Parabéns!

ale disse...

Ueba!! Parabens! Vamos estar perto! Estou no Chile! Nos vemos em POA, na volta! Beijo e bom descanso!!

Patricia M. disse...

Que bom descobrir o seu blog nessas andanças pela net. Enquanto você termina, eu vou começar um mestrado em comunicação agora. E, como você, também tenho uma filha pequena, de 1 ano e 3 meses. Ainda não sei como me dividir em tantas para dar conta de tudo. Mas foi muito bom ler os seus textos, que me deram ainda mais coragem. Parabéns e muito prazer!!

Sean Hagen disse...

*



a banca já tá te odiando.
te prepara pra ouvir gracinha a respeito do tamanho.
de resto, tá feito.
nada mais pode mudar.
vai tranqüila que a aprovação é tua.
boa sorte.




*