sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Quero-quero

Filha única pra lá de desejada de uma moby (mother older, baby younger) só podia mesmo ser mimada. Mas algo me diz que ando exagerando. Ontem, a Mariana teve mais um surto de eu-quero-isso-e-eu-quero-aquilo-e-eu-quero-aquilo-outro-e-etc. E lá pelas tantas ela titubeou:
- Mamãe, eu quero...hmmm... eu quero...ãhn...quero...
Tentou, tentou, até que pediu ajuda:
- Ô mãe, o que é que posso querer, hein?

3 comentários:

Crazy Mary disse...

Hahahahah, que fofa!!
Já percebeu que tem de tudo e mais um pouco! rs...

Toninho Moura disse...

TAMBÉM QUERO!

Anônimo disse...

hauhahuahaa

adoroooo coisa de criança amo de paixão.

Mari